Uma Tragédia Brasileira: A magnitude da morte materna pela Covid-19 no Brasil

Um estudo brasileiro que aponta que, a cada dez gestantes ou puérperas que morrem no mundo pela Covid-19, oito são brasileiras. Muitas dessas mulheres, que morreram durante a gravidez ou em até 42 dias após o parto no Brasil, sequer tiveram acesso a Unidades de Terapia Intensiva e a oxigenoterapia. Além disso, destacou que a maioria delas era considerada pessoa “não-branca”. 

Para compreendermos mais sobre esses dados, conversamos com Leila Katz, médica obstetra e uma das pesquisadoras do estudo “A tragédia da Covid-19 no Brasil: 124 mortes maternas e contando”.

Vinhetas e edição: Rubens Cavalcanti

Acesse a pesquisa “The tragedy of COVID-19 in Brazil: 124 maternal deaths and counting” pelo link a seguir:
https://obgyn.onlinelibrary.wiley.com/doi/abs/10.1002/ijgo.13300

Apoie o Medicina em Debate:
https://www.catarse.me/medicinaemdebate


Twitter – http://www.twitter.com/medicinaemdbt
Instagram – http://www.instagram.com/medicina_em_debate
Facebook – http://www.facebook.com/medicinaemdebate
Telegram – http://t.me/medicinaemdebate